domingo, setembro 02, 2007

Tempo

Ora viva! Obrigado pelas mensagens!!!!

O mês de Agosto despede-se, o tempo passa rápido. Não acham? O que mais me perturba é que o tempo passe e eu não tenha feito nada de útil com ele...Gosto de olhar para trás e lembrar-me do que fiz e não me lamentar pelo que deixei de fazer.

Na antiguidade clássica, Cronos, o deus do tempo, devorava os filhos para que estes não lhe roubassem o trono do tempo, ou seja, para que não lhe tirassem o momento. Aqui está uma questão que por vezes me faz parar. Roubar o tempo de alguém! Roubar a privacidade, invadir a vida dos outros com dedos acusadores. Posso estar enganado, mas por vezes parece que a vida dos outros é sempre mais interessante do que a nossa, então se essa vida tiver um tempero de alguma desgraça, bem, isso é perfeito.

Não acham isto algo doentio? E há culpados, há os alimentadores desta sede de vida dos outros, do tempo dos outros.

E que tal deixar que cada um tenha o seu tempo, e procurar que o interessante da nossa vida seja aquilo que fazemos com ela e não o que os outros fazem ou deixam de fazer com o seu tempo?

Venha o Setembro!

Até já

4 comentários:

Mar disse...

Setembro...tempo de "roubar" o tempo a alguns adolescentes para que oiçam o que lhes tenho para dizer...sou professora!
Por vezes interferimos no tempo dos outros!
Por exemplo, se ler esta mensagem...estou a roubar-lhe algum tempo!!!

É assim a vida... hoje para mim o tempo é um óptimo atleta que corre demasiado depressa e não o consigo alcançar...
É necessário viver-se o momento...
BJ

Carla disse...

Acho esse pensamento devêras doentio Hélder. Como é que um ser humano pode sequer pensar numa coisa dessas.Nós não podemos e não devemos viver de aparências mas sim daquilo que verdadeiramente somos. Se assim vivermos não penso que seja possível sequer acharmos que a vida de alguém é melhor do que a nossa.Ou será que eu é que sou ingénua demais?É que para mim há coisas que não me entram na cabeça.Somos todos seres humanos e inteligentes meu Deus, porque é que há coisas neste Mundo que não me entram!?...O Homem tem cá um pensamento diabólico às vezes que é de meter medo...Enfim...Desculpem,foi só um desabafo...Ainda bem que somos todos diferentes...
Beijinhos a todos.Um beijinho especial para ti Hélder.
Carla do Porto

kiduchinha disse...

olá Hélder! Só há pouco tempo descobri o teu blog e estou a gostar muito, já o adicionei ao meu!
Tal como tu também já pensei muitas vezes o que faço de útil com o meu tempo... e às vezes sismo nessas questão, numa angústia de não ter tempo para tudo, mas outras vezes penso na arte... de não fazer nada! :) Carpe Diem! Beijocas Sónia

ines leal disse...

que cada mês traga consigo o mês que nos pertence e que nele entrem os amigos, os pássaros, as mãos e o riso, o silêncio e a paz e, sobretudo, o amor a todos os instantes_____________________ *