terça-feira, outubro 08, 2013

GOSTAR



 Ora Viva

Hoje uma amiga disse-me que adora dizer às pessoas, quando assim se justifica, que gosta delas! Ora aqui está um bom tema de escrita. Gostar e dizer que se gosta. Para mim gostar é um exercício e uma generosidade. Um exercício porque para se gostar é preciso tempo e atenção. Tempo para ouvir, ver, perceber, abdicar de nós para entrarmos no mundo dos outros. Atenção para cumprir o grande desígnio de atender aos pormenores, às diferenças, às particularidades.

Eu não acho que se gosta porque se gosta. Nada disso. Gosta-se porque tivemos o cuidado de sairmos de nós, do conforto da nossa zona, para nos dispormos a entrar no fascinante mundo, que pode ser, o dos outros. Por tudo isto, tenho um profundo respeito e gratidão quando alguém diz que gosta de mim. Quero perceber os comos e porquês e depois agradecer a generosidade do sentimento.
Gostem-se muito! Tenho dito.

abraço
hélder

10 comentários:

Dani. Corato disse...

Pura realidade.....je vais parler en français, tu es quelqu'un de simple, cultivé et tu sais partager ta joie, ton humour et ta curiosité.......gosto de ti por isso tudo. Gosto da Sonia e do joão porque gosto rire e porque transmitam carinho.." Vous êtes de bons professionnels (:-0)))) pleins de bonnes choses encore...........tu as raison tu es sortie de ta zone de confort et j aime ça (:-0))) bonne nuit et continue à écrire ......

Dani disse...

Regardez la photo de Robert DOISNEAU je viens de la mettre sur mon profil Facebook Dani Corato ......elle exprime à elle seule la beauté de ce qu'est l'amour (:-0)))) biz

Tânia disse...

Nem mais! Gostar e dizer que gostamos é um acto generoso e humilde atribuído a nós mesmos e aqueles que gostamos.
Gostem muito, mas, mais do que isso, lembrem-se sempre de dizer o quanto gostam de 'x' pessoa(s).

Tânia disse...

Nem mais! Gostar e dizer que gostamos é um acto generoso e humilde atribuído a nós mesmos e aqueles que gostamos.
Gostem muito, mas, mais do que isso, lembrem-se sempre de dizer o quanto gostam de 'x' pessoa(s).

Anónimo disse...

Adorei!!gosto de gostar ! e gosto de o dizer ! bjs

Ana Ferreira disse...

Olá.
É o meu 1º comentário apesar de já me ter dado na "gana" escrever algumas vezes. Li todos os textos, histórias (algumas com um final menos feliz), desabafos...tudo o que em dada altura lhe apeteceu partilhar durante estes anos. Hoje quando passei por aqui estava à espera de outras palavras, uma nova história e não da última crónica publicada no Sexo,Anjos e Rock n' Roll da Move Notícias...
Não vou esmiuçar o teor da sua crónica pois é pessoal e acho que cada pessoa tem um "olhar" diferente sobre GOSTAR. Muitos :):) .....Bom trabalho.....
Have Fun! - Ana Ferreira (ana.ferreira1@zonmail.pt)

Danie disse...

Olà Helder, uma pergunta queria saber se vosse recruta na vossa emissao eu estou interessado.... Porque estou procurando no meu idiomatique recursos humanos e falou 6 linguas e estou em frança mas se fore uma oportunidade intéressante basta deslocarse para Portugal que gosto. È um pedido se houver ok! Desculpa aqui tambem o marcado do trabalho esta pessimo e Tenho 13 Anos de expériencia nos recursos humanos e estudos mas gostava trabalhar na vossa équipa com a Sonia, João etc....trabalham e são animados e mudar para o média è possivel por Tenho vontade de aprender. Um beijinho amadinho e muita sorte ainda para todos eu continuo a procurar . aqui esta o meu email coratod@yahoo.fr. Obrigada se entender pensa a mim

Anónimo disse...

Dizer honestamente que se gosta é de facto generosidade.
Gostar significa que nos identificamos, pouco ou muito, com alguém. Porque também podemos gostar muito ou pouco. E é verdade que nos podemos identificar pouco e gostarmos muito ou vice-versa.
Mas quando gostamos imensamente de alguém, é porque gostamos de acompanhar, ver e perceber, e sabemos que nos identificamos.
E é aqui que achamos que a interação trará vantagens mútuas. Por isso seguimos firmes, motivados, em busca do que nos faz sentir bem.
E gostar poderá ser, pela distância ou ausência, às vezes difícil.
Mas nesta vida o que é genuíno, não desaparece, e por isso vamos atrás.
Pode-se deixar de gostar do quase nada, mas quanto ao resto… não me parece..
A82

Denise disse...

Eu gosto de dizer que gosto de você,grande abraço,beijinhos...;)))

Fmaria Mesquita disse...

Eu gosto de gostar das pessoas de quem gosto...

Gostei de ler aqui