terça-feira, janeiro 07, 2014

OUVIR



Ora viva

Ouvir é um exercício. A dedicação ao outro. Prova máxima de respeito, curiosidade e humildade. Eu conheço uma pessoa pela capacidade que esta tem de ouvir. Basta-me isso. A minha vida é, há muito tempo, dedicada a este ofício da atenção. Não posso fazer boas perguntas se não escutar respostas. Às vezes custa-me ouvir algumas entrevistas, porque o entrevistador simplesmente não ouve. Não há boas perguntas sem respostas.

Noto se me estão a ouvir pelos olhos e pelas mãos. Denunciam mentirosos, falsos ouvintes. É claro que nem sempre estamos com capacidade para escutar, e há gente muito chata, mas se nos dispomos a ouvir, então que assim seja. Há, contudo, gente que nos desafia, gente que para dizer uma palavra, usam dez. Gente que para ir a um sítio da conversa, vão primeiro a cinco. Pois, há gente difícil de ouvir, gente que não diz nada, gente que diz tudo, gente que não interessa acatar. Mas para saber disto, temos de nos calar e ouvir. Nem mais, nem menos.

Até amanhã
Hélder

7 comentários:

Fernanda Nito disse...

Como eu te entendo meu amigo...
Como é bom sentir que nos escuta<3m
como é bom sentir que sabemos escutar...
Como é bom sentirmo-nos bem...
Bjs meu querido...
Boa noite <3

teresa marinho disse...

Boa noite Helder so kero deixar isto e pena mesmo haver pouco kem escute e haver mais kem kritik sem escutar. bjs :)

Lucinda Maria Pinto de Almeida disse...

Saber ouvir, com ouvidos de mouco, por vezes é muito importante e necessário para que consigamos ouvir o que é importante!
Muita da sabedoria, é adquirida a partir do que ouvimos de quem já viveu.
Gostei do que li, gosto do que escreves.
A sensibilidade de quem tem uma forma de estar na vida, faz com que se escreva com clareza.
Parabéns e vou continuar a passar e comentar.

Manuel Vale Guimarães disse...

Saber " OUVIR " é a melhor lição que podemos ter ao longo da nossa vida.
Parabéns pelo excelente texto como é teu hábito

disse...

Sim! As mãos, os olhos são, sem dúvida, os melhores "ouvidos" que pudemos utilizar para ouvir quem nós rodeia.

Façam silêncio...e sintam o que escutam.

O;D

Anónimo disse...

Sábias palavras Hélder. Eu costumo ser um bom ouvinte mas não me julguem pelos olhos pois sinto-me desconfortável ao olhar alguém nos olhos. Ouvir, além de um exercício, é um dom. Ouvir enriquece.
Quando somos brindados com histórias que valem a pena pensamos, "pronto, já ganhei o dia!" , mas quando são histórias de "chácha", como diz a minha avó, mais vale fazer ouvidos moucos, pois há gente muito chata, que fala, fala e não diz nada!!!! Até ... SH

Daniel Rocha disse...

A este propósito, Rubem Alves refletia: "Existem tantos cursos de oratória, mas nenhum de escutatória"!

Escutar é urgente. Comecemos escutando-nos a nós próprios!

Abraço
Daniel