quinta-feira, novembro 27, 2008

Viva o Natal

Ora viva!
O que acham do Natal já começar em Outubro?
Uma maravilha...ainda estamos a guardar os protectores solares e já o pai natal exibe as melhores barbas de Inverno, cheio de neve e frio.
E nós lá andamos a viciar-nos nas compras e a acreditar que o natal é quando o homem quiser. Eu acho que o Natal é quando o comércio quer. Por isso mesmo há o dia dos namorados, da mãe, do pai, do carnaval, das bruxas, da primavera, da páscoa, do regresso às aulas, do início de verão, do fim de verão. Estão a ver... o Natal é sempre que o negócio quiser, muda-se o nome mas a filosofia é quase a mesma. E nós vamos na onda, na crista dela, a ser Maria vai com as outras temos que ser os primeiros a alinhar!
É bem verdade que o natal é todos os dias, todinhos, e houvesse mais dias no ano...
Para animar o espírito, aqui vai uma música da quadra!
Abraços e boas compras, que é quase o memo que: Bom Natal!

4 comentários:

Sandra Maia disse...

Tens toda a razão. E aqui o Natal já começou em Setembro, o que é ridículo! Para mim Natal é quando quisermos, porque não são prendas que contam, são sim pequenos gestos e boas acções que deviamos fazer para sermos mais felizes e tornar os outros felizes também!
Essa música é linda linda, já conhecia :))
Beijo gordo e um xi enorme!
Fica bem e se não falarmos até lá, um óptimo natal e boas entradas!

PÓLEN SEMPRE!

S.A. disse...

Olá!

Sim, o espírito do Natal é mesmo quando queremos...

Pelo menos o espirito natalicio precoce tem ajudado algumas instituições que aproveitam a solidariedade...
Com o projecto da APN (www.apn.pt) estamos a dar uma prenda mútua, contribuímos para a sua causa, e temos um porta-chaves super fofo =)

Beijinhos

Anónimo disse...

Olá Helder Reis!!!
é isso mesmo concordo plenamente
contigo.
O Natal e outras festividades virou puro comércio...onde está o verdadeiro sentido do Natal!?Enfim somos humanos imperfeitos...:))) adorei a música,FELIZ NATAL!!!
Abraços daqui do Brasil!!!!

Flor disse...

Todos concordamos, mas nao mudamos em nada. Nossa familia que é multi-cultural pois somos de diferentes culturas e nacionalidades,optamos por só distribuir as ditas prendas ás criancas, aos mais velhos basta a presenca, basta o estarmos juntos,muitos de nós só nos encontramos mesmo no Natal, por isso para nós é mesmo uma festa de familia este ano eramos 30 e viemos de diferentes países. E quando se oferece é apenas uma lembranca algo que nos fez recordar aquelas ou aquela pessoa.Nao há obrigacoes ou pressoes em oferecer tais presentes que muitas vezes nao dizem nada. Para nós o Natal é a uniao dos familiares/amigos que nao vemos durante o ano.
Flor