segunda-feira, janeiro 28, 2008

poema

Ora viva

Desculpem o silêncio...tenho andado noutro mundo!!! :)

Partilho um poema que me acompanha há anos, é da Sophia de Mello B. Andresen


" Quando morrer, voltarei para buscar os instantes que não vivi junto do mar"

Abraço e até amanhã

10 comentários:

Anónimo disse...

Beijo de quem te ama :-)

Anónimo disse...

Outro ainda... outro e mais outro! ;-)

Joao Paulo disse...

Olá Amigo!
Passei por aqui para te dar um abraço GGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGRRRRRRRAAAAAAAANNNNNNNDDDDDDDDDDDEEEEEEEEE e dizer que gosto muito de ti.
Fica bem.
Do amigo João Paulo
P.S. Já agora ficamos á espera que voltes do "...outro mundo..." e que entretanto corra tudo bem por lá...

Anónimo disse...

Olá, menino bonito!!!!!
Bonito por fóra,charmoso, mas com certeza, com um interior ainda mais belo!
Quanta sensibilidade por aí anda!!!!!
Quem não gostaria de ter um filho assim!
Um beijo, com muito carinho, duma "cota" que não se importava nada de te ter como filho!
Maria

Anónimo disse...

Já agora, um pedido: Não fiques no outro mundo!
Fazes cá falta.
Quem distribuia afectos, ternura e amor a tanta gente?
Um beijo da mesma Maria

RICARDO disse...

Não Sabia deste teu potencial!!

S.A. disse...

Faz-me lembrar um que conheces ... "Liberdade, gosto da palvras, nao se enrola na boca mas nas ondas" ... este tb me tem acompanhado desde ha algum tp!!
será no mar que esta definitivament a nossa liberdade!?eu adoro o que postaste de Sophia

S.A. disse...

"Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
E suportar é o tempo mais comprido."
Um dos meus preferidos...

Ana

Fases como a Lua disse...

A si e a mim.

Mas o que é mais curioso, é que ainda à pouquinho e quando digo pouquinho, digo coisa de minutos, recordei este poema. Estive quase, quase a partilhá-lo com o seu amigo da Janela do Mini. :)

Chego aqui e recordo-o novamente. Sorri.

Um grande bem haja.

Anónimo disse...

vive a vida que tens de viver e nao vivas a vida por viver